Como abrir um CNPJ simples no Brasil?

Você sabe o que precisa para abrir um CNPJ simples e começar seu negócio o quanto antes?

Os requisitos vão depender do tipo de empresa que você quer abrir, mas não é tão complicado quanto parece.

De modo geral, você só vai precisar de um plano de negócio, documentos pessoais e dados da empresa, além dos requerimentos específicos dos órgãos do governo.

Quer saber o que precisa para abrir um CNPJ simples em detalhes?

Então, siga a leitura e faça seu checklist para empreender.

 

Afinal, o que precisa para abrir um CNPJ simples?

Se você quer saber o que precisa para abrir um CNPJ simples, é provável que já esteja planejando ter seu próprio negócio há algum tempo.

Quando você sabe o que pretende vender e em qual ramo de atividade quer atuar, a formalização é a etapa mais simples da abertura de empresa.

Você só vai precisar de alguns documentos e dos dados básicos do seu negócio, como razão social e nome fantasia, endereço e capital social, por exemplo. 

E claro, de um contador que possa orientar você durante o processo e intermediar os trâmites burocráticos com os órgãos do governo. 

Se a atividade da empresa for permitida para o Microempreendedor Individual (MEI), a abertura é ainda mais simples e pode ser feita por você mesmo, pela internet. 

De modo geral, é fácil providenciar o que precisa para abrir um CNPJ, como veremos em detalhes nos próximos tópicos.

 

O que precisa para abrir um CNPJ simples: 3 exemplos

Para saber o que precisa para abrir um CNPJ simples, você precisa definir primeiro o tipo de empresa que quer abrir.

Veja as principais opções e exemplos de documentação requerida.

 

1. Microempreendedor individual (MEI)

Como vimos, o MEI é a forma mais simples de abrir empresa no Brasil. 

Esse tipo jurídico foi criado em 2008 para incentivar profissionais autônomos a se formalizar.

Para ser MEI, é preciso atender aos seguintes requisitos:

  • Não possuir sócios ou outra empresa em seu nome
  • Faturar até R$ 81 mil por ano (2021)
  • Contratar no máximo um empregado 
  • Exercer uma atividade permitida pela lista de ocupações do CNAE.

O registro do MEI pode ser feito 100% online pelo Portal do Empreendedor e exige documentos como RG, título de eleitor ou declaração do Imposto de Renda e endereço residencial, além dos dados do negócio (tipo de atividade, forma de atuação e local). 

Apesar da facilidade em abrir o CNPJ, as regras tornam essa opção de empresa mais restrita e voltada a ocupações mais operacionais. 

Então, se sua atividade não está contemplada pelo MEI, será preciso abrir outro tipo de empresa.

 

2. Empresa sem sócios

Se você não pode ser MEI e quer abrir uma empresa sem sócios, a opção é começar um negócio individual. 

Nesse caso, o que precisa para abrir um CNPJ simples é uma lista de documentos pessoais e requerimentos junto aos órgãos responsáveis do governo (junta comercial ou cartório). 

As principais opções são:

  • Empresário Individual (EI): é uma empresa formada por um único titular que não tem limitações de atividade, faturamento e contratações como o MEI. Porém, o patrimônio pessoal do empresário se mistura com o da empresa
  • Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELI): é uma empresa individual que separa o patrimônio pessoal do empresarial, mas exige um capital social mínimo de 100 salários mínimos vigentes (R$ 110 mil em 2021)
  • Sociedade Limitada Unipessoal (SLU): é uma alternativa de empresa individual com responsabilidade limitada que não exige capital social mínimo, criada pela Lei da Liberdade Econômica. 

 

Estes são alguns documentos exigidos para abrir uma empresa individual:

  • Documentos pessoais (RG, título de eleitor, CPF, comprovante de residência, etc.)
  • Requerimento padrão oferecido pela junta comercial 
  • Requerimento de Empresário Individual (no caso do EI)
  • Ficha de Cadastro Nacional (FCN)
  • Documento Básico de Entrada (DBE). 

 

Empresa com sócios

Agora, se você quer abrir um CNPJ simples com sócios, será preciso escolher uma das opções de sociedades disponíveis.

Estas são as mais comuns:

  • Sociedade Limitada (LTDA): é uma sociedade composta por dois ou mais sócios que exercem atividade empresária (venda de bens e serviços com fins lucrativos) e têm responsabilidade limitada sobre o negócio 
  • Sociedade Simples: é uma sociedade formada por dois ou mais profissionais da mesma área de atuação que prestam serviços relacionados à profissão, como escritórios de advocacia e clínicas médicas. Nesse caso, a responsabilidade é ilimitada (sem separação entre bens pessoais e patrimônio da empresa)
  • Sociedade Anônima (SA): é a sociedade dividida por ações, típica de grandes empresas, onde cada sócio ou acionista tem sua participação definida pelos papéis adquiridos. 

Para abrir uma Sociedade Limitada, por exemplo, é preciso apresentar os seguintes documentos:

  • Contrato social 
  • Cópia autenticada do RG e CPF de todos os sócios
  • Comprovante de endereço dos sócios
  • Cópia do IPTU ou documento com inscrição imobiliária, ou indicação fiscal do imóvel que será a sede da empresa
  • Requerimento padrão da junta comercial
  • Ficha de Cadastro Nacional (FCN).

 

Vale a pena abrir um CNPJ simples?

Escolhendo qualquer uma das opções acima, você poderá formalizar seu negócio e buscar sua independência financeira.

Só em dezembro de 2020, foram abertas mais de 235 mil empresas no Brasil, mesmo com a crise do coronavírus, segundo dados do Mapa de Empresas. 

Além disso, em 2020, o país bateu o recorde histórico de 3,3 milhões de novos negócios, o que representa um aumento de 6% em relação a 2019. 

Logo, mesmo com o cenário de crise, o empreendedorismo não parou no Brasil — pelo contrário, ganhou ainda mais força impulsionado pelo desemprego. 

Então, se você já sabe o que precisa para abrir um CNPJ simples, o próximo passo é se juntar aos empreendedores e comandar seu próprio negócio.

 

Abra um CNPJ simples com a Contabilix

Agora que você sabe o que precisa para abrir um CNPJ simples, vamos facilitar ainda mais sua vida com a contabilidade online.

Na Contabilix, você consegue abrir seu negócio sem pagar nada e com o apoio de contadores profissionais que orientam sobre os melhores enquadramentos e cuidam de todos os trâmites burocráticos. 

Assim, você só precisa se preocupar com o plano de negócio e deixar o resto com a gente. 

Entendeu o que precisa para abrir CNPJ simples e por que vale a pena?Então, reúna seus documentos e venha abrir empresa grátis.

 

Fonte: Jornal Contabil | 07/06/2021.

Últimas Publicações

Desenvolvido por: TBrWeb